O que é um processo de software?

Dicas de Informática

O que é um processo de software?

 O processo de software é uma sequência de atividade que podem estar ordenadas ou não, mas de alguma maneira atingem o objetivo principal de desenvolver um software.
Na prática de desenvolvimento de um projeto o aluno poderá observar, após a escolha de qual modelo deseja seguir. O desenvolvimento de um projeto pode ser feito de maneiras diferentes para atingir o mesmo objetivo. Por isso o aluno nesse momento deve observar o recolhimento de requisitos, testes, validação do sistema, em quais etapas deve haver comunicação com o cliente e com o usuário, entre outros detalhes.

Modelos de processo de software

Os modelos de processo de software são uma representação abstrata de um processo de software. Cada modelos de processos representa cada abordagem usada para a  criação do software. Os modelos de processo são: modelo em cascata, desenvolvimento evolucionário, espiral, incremental, RAD, desenvolvimento formal de sistemas, desenvolvimento orientado a reuso, modelo em V, modelo de processo unificado, modelo Paxis.

Modelo em cascata

O modelo em cascata foi o primeiro modelo publicado para o processo de desenvolvimento de software. Representa o desenvolvimento gradual com uma sequência ordenadas de passos que devem ser seguidos rigorosamente. As fases do modelo em cascata são executados em sequência, ou seja, uma fase só é executada quando a anterior termina sua execução. Nesse modelo, os resultados não podem ser alterados após a fase terminar sua execução. Essa característica faz com que esse modelo não seja muito utilizado, pela falta de flexibilidade.

O modelo em cascata possui três problemas que devem ser levados em consideração e que são mostrados a seguir.

projetos reais raramente seguem a estrutura de fluxo em sequência ordenadas como no modelo em cascata. E, por não possuir muita flexibilidade, as modificações podem causar confusão à medida que a equipe do projeto prossegue;
o cliente sente um pouco de dificuldade de estabelecer todos os requisitos no inicio do projeto como o modelo em cascata exige:
o cliente precisa ter paciência, pois uma versão executável fica disponível quase no final do desenvolvimento do projeto. Os erros podem ser desastrosos se não detectados até a entrega desse executável.

Modelo de desenvolvimento evolucionário

O modelo de desenvolvimento evolucionário representa o desenvolvimento do software desde o protótipo inicial. Neste modelo o cliente participa de todas as fases do desenvolvimento do software.

Esse modelo possui algumas vantagens:

o executável final poder ser mostrado antes do término do projeto para o cliente;
neste modelo há uma melhor comunicação entre os desenvolvedores e usuários para melhor tratamento de erros.

Modelo em espiral

O modelo em espiral trabalha o tempo todo com riscos e divide o projeto em outros menores. O movimento em espiral possui uma estrutura que há base para se tentar chegar ao fim do projeto com todos, ou quase todos, os riscos eliminados.

O modelo em espiral procura sempre dar as bases para que todos os requisitos do projeto estejam bem definidos e entendidos por todos da equipe, inclusive pelo cliente. Com essa estrutura, o produto vai sendo desenvolvido e com o tempo surgem versões do software para averiguação e reconhecimento de problemas.

O modelo em espiral foi desenvolvida para resolver os seguinte problemas:
atender à realidade do projetos. Atender uma sequência mais real que o projeto segue, pois nem todo projeto segue o fluxo sequencial que o modelo em cascata propõe;
atender à necessidade de que o cliente não tem noção no inicio do projeto de todos os requisitos para desenvolvimento do mesmo. Esse modelo em espiral atende à flexibilidade de receber novos requisitos do cliente com o passar do tempo;
atender à necessidade do cliente de ver um protótipo de uma versão executável do software, mesmo que essa não esteja funcionando completamente.

Essa foi uma pequena amostra de como são e como funcionam os processos de software, em breve continuaremos com:

Modelo incremental
Modelo RAID
Modelo de desenvolvimento orientado a reuso
Modelo em V
Modelo do processo unificado
Modelo Paxis

0 comentários:

Leia também

 

Copyright © De Tudo e Mais Um Pouco! Design by O Pregador | Blogger Theme by Blogger Template de luxo | Powered by Blogger